Home - Sobre - Newsletter - Contato - Anuncie - Comprar Fotos

www.belapauliceia.com.br - Tudo sobre São Paulo 

SP Economia Mundial Paulicéia Artes Ciência e Cultura Gastronomia Arquitetura

Busca:

  SP Economia Mundial

  Paulicéia

  Artes Ciências Cultura

  Gastronomia

  Arquitetura



 



  Institucional
  Fale Conosco
  Clima Tempo
  CET

Publicidade

Charles Darwin: EVOLUÇÃO PARA TODOS
 

Museu de Zoologia da USP apresenta uma exposição

"Charles Darwin: Evolução para todos!"

Referência mundial em zoologia e Instituição pioneira na difusão da perspectiva científica e das idéias Evolutivas, o Museu de Zoologia da USP traz ao público uma abordagem clara e direta da revolucionária teoria do naturalista tradução e seu papel na compreensão da biodiversidade de nosso planeta. Em cartaz até 28 de fevereiro de 2010

 No ano do Bicentenário do nascimento de Charles Darwin e dos 150 anos da publicação da obra "A Origem das Espécies", o Museu de Zoologia da USP - detentor do mais completo acervo da fauna da região Neotropical do planeta, da Abrange que Patagônia ao México - reafirma com uma exposição "Charles Darwin: Evolução para todos!" seu compromisso de fomentar a cultura científica ea formação de Cidadãos críticos, seguindo recomendações internacionais para os museus de história natural.

Com curadoria de Maria Isabel Landim -- uma das maiores especialistas brasileiras em Darwin e presença destacada em eventos internacionais sobre o tema -, a Mostra apresenta a história da revolucionária teoria de Darwin e de como ela permeia a pesquisa realizada pelo Museu de Zoologia. Dividida em módulos, a exposição reúne elementos de riqueza, como réplicas de fósseis de animais, ilustrações, fotografias, objetos diversos, mapas, livros, farta documentação, filmes, além de raridades e exemplares científicos pertencentes ao acervo do Museu, entre outros.

Um grupo de esqueletos que inclui Gorila Orangotango, homem eo chipanzé, recebe os visitantes com grandes um dos enigmas de nossa espécie: Somos "Quem nós?" Para responder esta questão e por que existem e já existiram tantas espécies de seres vivos no Planeta, o primeiro módulo confronta uma teoria evolutiva às explicações místicas ou divinas, que prevaleciam até o século XIX sobre a origem da vida, ilustrados por meio de diferentes mitos criação da, da tradição judaico-cristã, como relatado nenhum Gênesis, às Egípcias teorias e até de índios brasileiros Karajá.

A partir daí, o visitante começa a entrar no mundo de Darwin e compreender o poder explicativo da ciência e suas evidências, por meio de observações de uma série de Padrões da Natureza, com registros de base em fósseis, distribuição geográfica e não de desenvolvimento e plantas Animais. "Ao reunir inúmeros fatos isolados da História Natural em uma única explicação lógica -- uma Teoria da Evolução pela Seleção Natural - Charles Darwin elucida a questão que faltava para que a biologia se tornasse uma poderosa ciência, desencadeando saltos na compreensão de inúmeros fenômenos naturais, com aplicações nas mais diversas áreas do conhecimento, da medicina à agropecuária, à psicologia da ecologia, da informática à economia ", explica uma curadora, Maria Isabel Landim.

A vida e obra de Darwin, Desde sua infância em Shrewsbury, na Inglaterra, seus anos de formação, uma viagem ao redor do mundo a bordo do HMS Beagle, até seus últimos anos no sul de Londres estão retratados em um módulo repleto de curiosidades, entre elas, retratos, painéis ilustrativos, fac-símiles de documentos e anotações de Darwin sobre suas pesquisas, livros raros como a primeira edição em português da obra "A Origem das Espécies" (1859), espécimes e diversos objetos do acervo do Museu, como uma rara coleção de besouros , para ilustrar passagens biográficas e estudos de Darwin.

Nesta área, um grande destaque é a representação do Porão do "HMS Beagle", celebrizado por navio Conduzir o então jovem naturalista Charles Darwin em sua expedição de quatro anos e nove meses ao redor do mundo, fundamental para o desenvolvimento de sua teoria sobre a evolução das espécies, que mudaria não apenas uma sua vida, como toda a história da Ciência. Nestes porões do navio cênicos, o visitante pode observar exemplares de animais, acondicionados em contêineres de madeira, das Nas mesmas espécies coletadas por Darwin, como peixes, sapos e lagartos, conservados em espírito de vinho, uma solução alcoólica usada por ele em material para preservar meio líquido.

No módulo intitulado "Evolução em Ação" A exposição relata como as pesquisas sobre biodiversidade do Museu se relacionam com uma teoria da evolução de Darwin. Exemplares do acervo exemplificam os processos de descendência comum, de evoluções, Pressões Seletivas e adaptações aos ambientes.  Entre os destaques estão a diversidade e evolução das formigas, com impressionantes imagens captadas por microscópio eletrônico, que detalham seus aspectos morfológicos, como antenas ea presença de uma glândula no tórax, formas compartilhadas entre a 12,500 espécies de formigas conhecidas no mundo, todas descendentes de um ancestral comum.

 Grupos de núcleos com suas moluscos, formas e tamanhos diferenciados ilustram o processo evolutivo adaptativo. Serpentes de diferentes áreas das Ilhas Galápagos como demonstram a Atua seleção natural não colorido corporal dos indivíduos. A observação prossegue com peixes pulmonados da América do Sul e da África, uma evolução das aves e sua descendência dos dinossauros. Filmes em projeção contínua intercalam-se no roteiro expositivo.

Depoimentos de curadores e cientistas do Museu de Zoologia da USP

 sobre Charles Darwin

 

Mirian David Marques - Cronobióloga

Darwin é um provocador. Ele me provoca a cada momento, porque propõe mudanças e mudança é uma coisa que o ser humano não consegue lidar bem.

Mário de Vivo - Mastozoólogo

Ao longo do tempo, venho trabalhando com zoologia e aplicando uma Teoria da Evolução em meus estudos. Percebi que uma teoria da evolução não ficava distante num nível na minha relação com os animais que estudava, mas que se aplicava também aos seres humanos em geral. Passei a perceber, até de uma forma bastante entusiasmada, que isso se aplicava a minha própria vida. Comecei a entender o que era eu, como fases da minha vida, função em que não se conhece sobre a Teoria da Evolução Humana. Continuo com entusiasmadíssimo uma evolução da teoria, estudando-a porque se aplica a mim, à minha vida e à sociedade que vivo.

 Maria Isabel Landim - Ictióloga

Concordo completamente com Darwin, existe uma grandeza nessa visão da vida em que a partir de um início tão simples toda uma complexidade da vida na Terra surgiu. E acho uma fascinante visão de que toda uma biodiversidade do nosso planeta compartilhou conosco esse processo de evolução, que dura alguns bilhões de anos. E ainda mais, a idéia de que não existem espécies contemporâneas à nossa que Sejam mais ou menos evoluídas que nós mesmos. Todas as espécies que existem atualmente são as mais evoluídas de suas linhagens.

Exposição "Charles Darwin: Evolução para Todos"

Visitação: até 28 de fevereiro de 2010

Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 17h

Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo

Avenida Nazaré, 481 - Ipiranga - São Paulo - SP

Tel. (5511) 2065 - 8100 -- www.mz.usp.br

Ingresso: R $ 4,00 (grátis para visitantes menores de 6 anos e acima de 60, estudantes com carteira pagam meia-entrada)

Sobre o Museu de Zoologia da USP

Além da exposição "Charles Darwin: Evolução para todos!" - Que acontece no espaço dedicado às mostras temporárias, o Museu mantém aberta ao público sua Exposição de Longa Duração, permanente, e que apresenta parte de seu magnífico acervo, que possui mais de 8 milhões de exemplares de animais, Cuja organização foi iniciada há mais de 100 anos. A mostra retrata uma evolução da biodiversidade, de eras Remotas aos dias atuais.Fósseis encontrados sem Brasil ou na América do Sul, réplicas em tamanho natural de animais extintos há Milhares de anos, entre eles os dinossauros que antecederam as aves, fazem parte das várias exibições, ambientadas com recursos cenográficos, tecnologia, efeitos de iluminação, além de Filmes de curta duração em projeção contínua.

 E-mail: clara@claracomunicacao.com.br    

 

 

 
Clique aqui para mais matérias sobre Arte Ciência e Cultura.

 

 





Copyright - Todos direitos reservados a Bella Paulicéia.