Home - Sobre - Newsletter - Contato - Anuncie - Comprar Fotos

www.belapauliceia.com.br - Tudo sobre São Paulo 

SP Economia Mundial Paulicéia Artes Ciência e Cultura Gastronomia Arquitetura

Busca:

  SP Economia Mundial

  Paulicéia

  Artes Ciências Cultura

  Gastronomia

  Arquitetura



 



  Institucional
  Fale Conosco
  Clima Tempo
  CET

Publicidade

22 de abril 1500 - Na verdade, a ocupação portuguesa na América
 

São Paulo e Brasil, da Idade Média à Idade Moderna

A nossa história começa na Idade Média mesmo. O século XV foi o século da concretização da nação portuguesa, através da expansão marítima.

Mas, também foi o do crescimento do Reino de Castela e a Reconquista do domínio árabe acontecendo gradualmente na península ibérica até 1492. Isso, serviu de alerta a Portugal que tratou de proteger seu investimento de tantos anos em navegação, criando um acordo comercial com os reis castelhanos, denominado "Tratado de Alcáçovas" em 1479, confirmado pelo Papa Sisto IV, que propunha a divisão das terras novas a conquistar em 2 hemisférios; o H. Norte para o Reino de Aragão e Castela, e o H. Sul para a Coroa Portuguesa.

Em 12 de outubro de 1492 houve a descoberta da América por Cristóvão Colombo, e os castelhanos, não cumprindo o tratado vigente, procuraram o novo papa Alexandre VI, por coincidência, espanhol, que estabeleceu uma bula papal em 3 de maio de 1493, alterando o Tratado anterior. Com o veemente protesto português, um ano depois ficou acertado um novo acordo, o Tratado de Tordesilhas (uma região de Castela), em 7 de junho de 1494.  Os reis das duas Coroas, foram representados na audiência.

Como resultado das negociações, a divisão das terras descobertas e a descobrir foi estabelecida a partir de um meridiano estabelecido a 370 léguas (a anterior era de 100 léguas) ou 1.770 quilômetros a oeste das ilhas de Cabo Verde.

Isso demonstra que os portugueses poderiam tomar posse das suas terras imediatamente. Porque não fizeram, não está registrado nos anais, ou não divulgado, estranhamente, e no meu ponto de vista, anula a epopéia de Pedro Álvares Cabral. Mas, suas primeiras incursões aqui na América sempre tiveram a intenção de buscar o ouro e a prata que adornava os povos incas e astecas. Afinal essa riqueza poderia ser bem maior do que a conseguida com as especiarias orientais.

Aí começa nossa história, quando os portugueses começaram a procurar um caminho para chegar ao Império Inca, através do domínio da língua indígena. Alguns portugueses ficaram anos aqui para fazer feitorias e amizade e ganhar a confiança dos índios, aproveitando que tinham um auto- domínio de cartografia e da geografia sul americana.

 

 Bella Paulicéia

 

 
Clique aqui para mais matérias sobre Paulicéia.

 

 





Copyright - Todos direitos reservados a Bella Paulicéia.