Home - Sobre - Newsletter - Contato - Anuncie - Comprar Fotos

www.belapauliceia.com.br - Tudo sobre São Paulo 

SP Economia Mundial Paulicéia Artes Ciência e Cultura Gastronomia Arquitetura

Busca:

  SP Economia Mundial

  Paulicéia

  Artes Ciências Cultura

  Gastronomia

  Arquitetura



 



  Institucional
  Fale Conosco
  Clima Tempo
  CET

Publicidade

"Noël Rosa, O Poeta, O Músico, Cronista de Uma Época"
 

“Noël Rosa – O Poeta, o Músico, Cronista de Uma Época”

 

Foto Galu Gurgel

Glau Gurgel representando Noël Rosa

    

O musical “Noël Rosa, O Poeta, O Músico, Cronista de Uma Época” é uma ótima opção para quem quer conhecer a história do sambista, cantor e compositor, que fez história nos anos 30. Oportunidade também para relembrar sucessos como “Com que Roupa?”, “Feitiço da Vila” e muitos outros. Com reestréia marcada para 6 de maio, às 21h30, no Teatro Brigadeiro, em São Paulo, a montagem de Cybele Giannini fica em cartaz até 26 de junho com três apresentações por semana: sexta-feira às 21h30; sábado às 21h e domingo às 19h.

 

Dando continuidade às homenagens ao centenário de nascimento de Noël, o espetáculo recebeu enfoque especial e inédito, em razão de as grandes obras que ele compôs em apenas sete anos (1929 a 1937) serem explicadas à luz do fato que inspirou cada criação. Mostra também seu drama familiar*, sua luta contra o defeito facial**, a polêmica musical com Wilson Baptista*** e, por fim, sua morte precoce.

 

Para este musical, a diretora Cybele Giannini conta com 12 atores da Cya. Grita Absoluta que, além de responsáveis pela interpretação de 42 personagens, ainda cantam 42 músicas, das quais 39 são de Noël e 3, de Wilson Baptista, acompanhados do Grupo JB Samba e de Reinaldo Sanches ou Renan Guazzelli nos teclados.

 

O espetáculo, com duração de duas horas, é dividido em dois atos com intervalo de 10 minutos.

 

* O pai de Noël suicidou-se e seu irmão era epilético.

 

** Defeito facial adquirido no parto, a fórceps.

 

*** A disputa musical entre esses dois grandes artistas começou no ano de 1933, quando Sílvio Caldas gravou um samba intitulado Lenço no Pescoço, de Wilson Baptista, que fazia a apologia da malandragem. A composição fez sucesso. Só quem não gostou muito foi Noël Rosa, que achava que ela fazia uma defesa muito veemente da vadiagem e resolveu então compor outro samba em que refutava Wilson, conclamando as pessoas a trabalhar e deixar a malandragem. Surgiu então "Rapaz Folgado", gravado por Aracy de Almeida. E a polêmica continuou até culminar em “Palpite Infeliz”.

 

SERVIÇO:

 

“Noël Rosa – O Poeta, o Músico, Cronista de Uma Época”

www.noelrosaomusical.com.br  

elenco: Cya. Grita Absoluta

Direção: Cybele Giannini

Temporada: 6 de maio a 26 de junho

Quando: sextas às 21h30; sábados às 21h e domingos às 19h

Local: Teatro Brigadeiro - Av. Brigadeiro Luís Antônio, 884 -         Bela Vista, São Paulo – SP

Gênero: Musical

Duração: 120 minutos, com intervalo de 10 minutos entre os dois atos.

Ingressos: R$ 40,00 – R$20,00 meia

Capacidade: 700 lugares

Classificação: 12 anos

Estacionamento Conveniado: Av. Brigadeiro Luís Antônio, 759 – Gigante

Bilheteria: de 3ª a 5ª das 14h às 19h; sexta, sábado e domingo a partir das 14h até o horário do espetáculo (cartão de débito ou dinheiro)

Vendas pelo telefone: 4003.2330

Vendas pelo site: www.ingresso.com  

Lugares para portadores de necessidades especiais: Sim

Mais informações: (11) 3115.2637 / (11) 3107.5774

 

 

 

 
Clique aqui para mais matérias sobre Arte Ciência e Cultura.

 

 





Copyright - Todos direitos reservados a Bella Paulicéia.